domingo, 1 de março de 2009

As pérolas do Dicionário Informal

Até pouco tempo atrás, quando alguém pesquisava algum verbo ou substantivo comum no Google, aparecia entre as primeiros resultados o link do site Dicionário Informal, pedindo para definir a palavra procurada. E muita gente resolveu ajudar.

Ele está muito longe da coerência, mas ao menos é o mais sincero. O Dicionário Informal deixa o internauta livre para definir a palavra que quiser. Fique alguns minutos consultando as palavras e você vai rolar de rir na frente do computador, se tiver bom humor.

O internauta não se importa apenas com a definição, ele também ensina o visitante a usar a boa ortografia, inserindo a palavra errada e explicando que aquela não é forma correta de se escrever (clique nas imagens para ampliar):

O presidente Lula é o que recebe as definições mais engraçadas e contraditórias. Um internauta fica no meio do muro, falando que ele é "um dos piores e um dos melhores presidentes que o Brasil já teve"; ou que é "um dos mais corruptos governos da História, ou o governo que mais investigou e prendeu corruptos na História do país". Opinião é o que não falta:


"Fumo" e "Zidane" viraram verbos. "Fumo" não chega a ser novidade, faz parte das piadas sobre caipiras há algum tempo :A garota de programa virou moça honrada e quem zera na balada volta para a mesa com um apelido pra lá de cômico:


Engraçados também são os antônimos: de Lula, Paulo Maluf; de maconheiro, "bebe leite"; de Emo, Capitão Nascimento; e o contrário de gostosa, mulher trabalhadora. A mente dessa galera anda fértil. Algumas carregadas de criatividade; outras, de esterco.

Quer dar umas boas risadas? http://www.dicionarioinformal.com.br

Um comentário:

Querol disse...

Clay, tem blog agora? Fala a verdade é muito bom ter um blog, né!!

Adorei este Dicionário Informal, até adicionei aos favoritos.

=)